Sobre o Instituto Luso-Brasileiro

O Instituto Luso-Brasileiro (PBI) foi fundado, em 1932, pelo romanista Prof. Dr. Leo Spitzer e é dirigido, desde 1998, pelo Prof. Dr. Claudius Armbruster. Como um dos principais centros de estudo e pesquisa da Lusitanística/ Brasilianística (designação alemã para os Estudos Portugueses e Brasileiros) em universidades alemãs, o PBI conta, atualmente, com cerca de 1000 estudantes inscritos, oferecendo, como único instituto universitário na Alemanha, a possibilidade de optar pelo estudo tanto do Português Europeu quanto do Português Brasileiro. Este último assume grande importância principalmente no âmbito da graduação em Ciências e Estudos Regionais da América Latina, curso oferecido exclusivamente pela Universidade de Colônia.

Além da divulgação da Língua Portuguesa nas variantes européia e brasileira, bem como a pesquisa e ensino nas áreas de Literatura e Cultura portuguesa e brasileira, é ainda tarefa do instituto promover o intercâmbio científico de forma intensiva com o Brasil e Portugal. No sentido de fortalecer as culturas lusófonas na Alemanha, o PBI trabalha, no planejamento e realização de leituras públicas, exposições, concertos, conferências e diversas atividades culturais, em estreita ligação com o Centro Mundo Lusófono (ZPW) e o Instituto Camões (Portugal), que patrocina o leitorado português na Universidade de Colônia.